top of page

Quietude na tempestade

"Eu sempre sonho que uma coisa gera,

nunca nada está morto.

o que não parece vivo, aduba.

O que parece estático, espera.”

(Adélia Prado)


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page