a “tensão” de partes do corpo em contato

04.02.19

16 mulheres e meia

Escrita automática


O deslocamento do corpo na tripa me deixou em fluxo, completamente sem intenção.

Tal como a fala fluía, o andar subia descia parava sem “vontades” nem interrupções bruscas.

Tenho gravados muitos dos corpos que cruzamos, como se o fluxo tivesse um segundo de suspensão ao ver outro corpo próximo: o menino com o poodle branco, o cara de camiseta preta na avenida à nossa frente, o vigia parado na rua conhecida pela Maira. O parar na praça foi interessante corporalmente porque a “atenção” que antes estava no fluxo das vozes e corpos passou para a “tensão” de partes do corpo em contato. Tudo foi muito “deleitoso”, nada me incomodou. Mas gostei de ler algumas frases no muro. Achei divertido os corpos brincando de equilíbrio naquela estreita faixa. Também histórias paralelas vinham como as silhuetas (manchas) dos meus sonhos. Eu tentando me equilibrar na praia naquela outra faixa entre árvores. As ruas que tinha já passado e experimentado sozinha. Outra coisa que gostei muito era os desvios provocados por certas palavras, como se fossem placas que direcionassem para outro fluxo outra direção. As diversas associações que traziam sempre em fluxo mas alternando de direita para esquerda, trás, cima e embaixo. Uma coisa interessante também é que o fluxo não trouxe enjoo. Algo que às vezes acontece.

Fiquei pensando o que seria estar nessa conversa e nesse fluxo em um lugar que não me é familiar. Isso porque a curiosidade pelo desconhecido sempre me desvia do fluxo, como foi o do stand da Cyrella. Naquele momento eu me afastei do fluxo e estava somente em presença física. Acho que burlei a regra e não fiquei junto das 3 outras pessoas da linha.

Adorei o letreiro luminoso kitsch e a risada que explodiu da Mari por vezes atrás de nós.

Será que ela conseguiu acompanhar o fluxo da conversa totalmente ou ficou em outra camada, em outro fluxo?

A diferença na luz também afetou o fluxo de uma maneira sensível.


OBS: No 1o. Semestre de 2019 o Núcleo Cinematográfico está ao mesmo tempo criando um novo trabalho e dividindo esse processo de criação com os integrantes do 16 M, através de instruções\ dispositivos de convivência. À procura de saídas possíveis queremos dividir nossas inquietações.


#tensao, #fluxo, #intencao, #contato, #atencao, #corpo, #muro, #corposbrincando, #equilibrio, #sonhos, #arvores, #desvios, #direcao, #palavras, #associacoes, #curiosidade, #desconhecido, #presenca, #burlaregra, #camada, #diferenca, #processo2019, #espacodiogogranato


10 visualizações